Bahia bate recorde com mais de 16 mil empregos formais em maio

(Foto: Manú Dias)A geração recorde de 16.301 novos postos de trabalho com carteira assinada no mês de maio é o destaque do programa Conversa com o Governador desta semana. O governador Jaques Wagner também relembra a inauguração do Centro de Educação Científica do Semi-Árido e o São João da Bahia como novo produto turístico do estado.

“Investimentos em infraestrutura, em transparência e na negociação de impostos” estão entre as medidas lembradas pelo governador para alavancar a descentralização do emprego, já que o interior foi o responsável por 80% do número total. A agropecuária foi a atividade econômica que impulsionou o desempenho, embora os setores de serviços, indústria da transformação, construção civil e comércio também tenham registrado crescimento.

No acumulado do ano a Bahia tem um saldo de 57.629 novos empregos, melhor resultado da Região Nordeste. Jaques Wagner diz que vai continuar o trabalho de promover mais geração de emprego “de tal forma que a cada dia a gente tenha mais orgulho de ser baiano, mais orgulho de ser brasileiro e mais orgulho da nossa gente”.

Ele fala também da visita, na segunda-feira (21), à cidade de Serrinha, para o início do funcionamento da escola de educação científica do Semi-Árido, concebida nos moldes do Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra (IINN-ELS) para ensinar os alunos por meio de conceitos e práticas básicas da ciência moderna. O Centro de Educação Científica tem capacidade para atender 400 alunos, num investimento de R$ 5 milhões.

“Eu tenho certeza de que ela [a escola] vai poder preparar a nossa juventude para o futuro”, enfatiza o governador. Já o cientista e neurocirurgião Miguel Nicolélis, que concebeu o projeto, pontua que “a escola funciona de uma maneira muito diferente de qualquer outra escola: as crianças aprendem ciência fazendo experimentos, interagindo com uma série de exercícios experimentais, aonde elas derivam o conhecimento científico de uma maneira que elas nunca mais vão esquecer”.

São João

A maior festa regional do Nordeste também mereceu destaque do governador ao lembrar que o São João foi levado aos palcos de outros estados, com o objetivo de atrair para a Bahia, turistas no período de junho, considerado a baixa estação.

“Espero que esse São João, com o apoio do nosso governo e do governo federal, possa – ainda dentro da disputa da Copa de Mundo – ser mais um momento de alegria para todo o povo no interior e para todos os turistas que nos visitam”.

 

Fonte: Agecom

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui