Autor fará palestras sobre história do extremo sul

Divulgação
Em duas palestras em abril, Fabio Said, autor do livro “História de Alcobaça-Bahia (1772-1958)”, contará o que ele aprendeu sobre a história do extremo sul da Bahia lendo documentos antigos

Neste mês de abril, a história do extremo sul da Bahia estará em alta. Estudantes, professores e a população em geral terão a oportunidade de adquirir ou aprofundar conhecimentos sobre esse tema em palestras do pesquisador alcobacense Fabio Said, autor de vários livros, entre eles “História de Alcobaça-Bahia (1772-1958)”.

Fabio Said começou a pesquisar a história do extremo sul com base nos personagens humanos há quase 12 anos. Inicialmente interessado em descobrir suas próprias origens como descendente de antigas famílias de Alcobaça e Caravelas, ele passou anos pesquisando a vida privada dessas famílias e com o tempo percebeu que tinha em mãos um interessante painel histórico que ia além das histórias íntimas familiares. É que muitos dos personagens que ele estudava foram também pessoas que influenciaram a história local, estadual e nacional.

Há dois anos ele começou a publicar os resultados de suas pesquisas. Depois de publicar três obras dedicadas à história das tradicionais famílias Medeiros, Almeida e Muniz, há poucos meses ele lançou o livro “História de Alcobaça-Bahia (1772-1958)”, que relata com riqueza de detalhes os fatos e personagens mais importantes da história antiga de Alcobaça, município que já foi o mais populoso da região e certamente um dos mais importantes, do qual se originaram os municípios de Teixeira de Freitas, Itanhém e Medeiros Neto.

Nesse livro, fica-se sabendo, por exemplo, que a região extremo sul foi visitada em 1816 por um príncipe alemão que deixou registradas suas impressões sobre a fauna, a flora, as paisagens e as sociedades dos municípios de Prado, Mucuri, Nova Viçosa, Caravelas e Alcobaça. A obra do príncipe, publicada na Alemanha em 1820, ainda é pouco conhecida em português, mas Fabio conseguiu resgatar essa obra e também várias imagens pintadas pelo príncipe há 200 anos em sua expedição pelo litoral extremo sul baiano.

O livro contém biografias de coronéis do extremo sul, resgata o histórico da presença dos frades franciscanos na região e divulga informações relevantes sobre o desenvolvimento populacional e econômico da região no decorrer de quase 200 anos. Tudo isso tendo como pano de fundo a história antiga de Alcobaça, cidade conhecida por ser um dos principais destinos turísticos da Bahia, mas que infelizmente tem uma história pouco valorizada.

“Um dos objetivos de minha pesquisa”, conta o autor Fabio Said, “é mostrar que mesmo pessoas comuns podem ser sujeitas da história, em vez de meras espectadoras. As pessoas são condicionadas a ler os livros de história e imaginar que aquele é um mundo que não lhes diz respeito, distante no tempo e no espaço. No meu livro, a população do extremo sul sente uma ligação imediata com a história, pois o livro mostra que a história são, por exemplo, os sobrados, casarões e fazendas antigas que elas próprias veem todos os dias. Ao ver esses detalhes cotidianos em primeiro plano, mas inseridos em um contexto histórico e relacionados a personagens reais, o leitor percebe que a história é feita por cada um de nós, e não só pelo ‘dotô’ ou pelo político”, completa ele.

Uma das partes mais curiosas do livro é sobre a escravidão em Alcobaça. O autor descobriu no Arquivo Público da Bahia, em Salvador, testamentos que revelam muito sobre como era a relação entre senhores e escravos na Alcobaça do seculo XIX.

Esses detalhes interessantes serão revelados em uma série de palestras que o autor realizará em Teixeira de Freitas e Alcobaça no mês de abril. Morador da Alemanha, Fabio Said estará de volta à região para apresentar ao público a sua obra e o que ele aprendeu nos documentos antigos.

A primeira palestra será realizada na UNEB Campus X, no dia 19 de abril (uma terça-feira), às 19:00. A segunda será na Câmara Municipal de Alcobaça, no dia 23 de abril (um sábado de feriadão), às 20:00h. Nas duas o autor sorteará exemplares autografados de seu livro “História de Alcobaça-Bahia (1772-1958)” e estará vendendo o livro pessoalmente com preço especial de R$ 40. “A população do extremo sul está convidada a assistir às palestras. Prometo que vocês aprenderão muitas informações sobre a história da região para poder transmiti-las a seus alunos, familiares e amigos”, conclui Fabio Said.

INFORMAÇÕES:

O quê: palestra intitulada “A história antiga de Alcobaça: um resumo com base em documentos de 3 séculos”, seguida de sorteio do livro “História de Alcobaça”, venda do livro com preço exclusivo de R$ 40 e sessão de autógrafos

Quem: Fabio Said, pesquisador de história há mais de 11 anos e autor de diversos livros sobre o tema

Quando/onde: 19/4/2011 às 19:00 na UNEB Campus X; 23/4/2011 às 20:00h na Câmara Mun. de Alcobaça

Quanto: entrada gratuita

Mais detalhes sobre o livro e sobre as palestras: www.Alcobaca-Bahia.net

Fonte: divulgação

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui