Apes reivindica restauração de trechos da BR-101 e BA-290 e outras melhorias para a região

 

Presidente da Apes, prefeito de Alcobaça, Léo Brito. Fotos: reprodução Facebook

A Associação dos Municípios do Extremo Sul da Bahia (Apes), presidida pelo prefeito de Alcobaça Leonardo Coelho Brito, o Léo Brito, tem sido atuante no cumprimento do principal objetivo da instituição: “defender e promover o desenvolvimento socioeconômico e ambiental desta região”.  A Associação esteve representando o Extremo Sul da Bahia na manifestação de prefeitos em Brasília, na pessoa do seu presidente Léo Brito.

Em recentes ofícios enviados para diferentes órgãos e autoridades, fez solicitações pertinentes à população do Extremo Sul. Em vários deles, a Apes solicita melhorias de estradas.

No ofício 004/2017, endereçado ao Ministro dos Transportes, portos e aviação Civil, Maurício Quintella Malta Lessa, e, também, no de número 006/2017, para o diretor de infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), Luiz Antônio Ehret Garcia, pede urgência para a restauração “do trecho divisa do Estado da Bahia com o Espírito Santo até Itapebi, que vem ocasionando violentos acidentes e prejuízos aos usuários”, na BR-101.

O ofício 002/207, ao governador Rui Costa e ao secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti, elenca diversas demandas do Extremo Sul:

  • Conclusão da Linha Verde, com asfaltamento dos trechos (Canavieiras/Belmonte), com aproximadamente 32km; (Porto Seguro/Prado), ligando a BR-367 a BA-001, com, aproximadamente, 150km; (Caravelas/Nova Viçosa), ligando a BA-001 a BA-698, a divisa do Espírito Santo, com aproximadamente 30km.
  • Asfaltamento do trecho (Itanhém-BA/Bertópolis-MG), ligando a BA-290 a divisa de Minas Gerais com aproximadamente 43km.
  • Asfaltamento do trecho (Guaratinga-BA/Santo Antônio do Jacinto-MG), ligando a BA-283 a divisa de Minas Gerais com aproximadamente 55km.
  • Restauração da BA-290, trecho Itanhém/Alcobaça, com interligação do trecho Prado/Caravelas.
  • Criação de linha aérea Teixeira de Freitas/Salvador, considerando o potencial turístico e econômico da Costa das Baleias.
  • Continuação do asfaltamento a BA-284 (Jucuruçu/BR-101), trecho restante para completar os 100 km de rodovia.
Mais de 400 prefeitos baianos participaram da mobilização em Brasília. Léo Brito esteve representando a Apes e o Extremo Sul

Noutros ofícios, também ao governador e ao secretário de Infraestrutura da Bahia, a Associação pede “empenho na urgente realização de serviços de restauração da BA-290, trecho Itanhém/Teixeira de Freitas, com interligação dos trechos Alcobaça/Caravelas, Alcobaça/Prado, Alcobaça/Itamaraju, que encontram-se em péssimo estado de conservação e vem ocasionando graves acidentes e prejuízos aos usuários”.

A preocupação com as condições precárias das rodovias BR-101 e da BA-290 e com uma linha aérea Teixeira/Salvador, denota o respeito dos prefeitos associações com seus munícipes, bem como visão socioeconômica, pois, as estradas de acesso aos municípios estando em boas condições atrai os investidores e, ainda, os visitantes para a Costa das Baleias, explorando o turismo sustentável, uma das mais viáveis fontes de economia da atualidade.

Nos ofícios 012 e 013/2017, a Apes solicita a Gilberto Magalhães Occhi, presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), e a Roberto Sant’Anna, vice-presidente de governo da CEF, a manutenção da Superintendência da CEF/Itabuna, tendo em vista que há constante necessidade de visitas ao local, cuja localização beneficia todos os municípios do Extremo Sul.

No mais recente documento, endereçado ao governando do Estado e ao comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), Cel. PM Anselmo Alves Brandão, a Apes reivindica “manutenção do atual comandante da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar de Medeiros Neto (CIPM), major Edmar Ivo Leão Junior, que vem prestando relevantes serviços aos municípios de Medeiros Neto, Itanhém, Lajedão, Ibirapuã e Vereda”.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui