Alunos da Rede Municipal de Ensino realizam II Feira do JEPP em Ibirapuã

Alunos da Rede Municipal de Ensino realizam II Feira do JEPP em Ibirapuã. Fotos Ascom

O pátio da Secretaria Municipal de Educação de Ibirapuã ficou lotado, durante a II Feira de Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) na terça-feira, 4 de dezembro . O projeto realizado pela Prefeitura Municipal de Ibirapuã em parceria com o Sebrae foi desenvolvido durante o último semestre nas escolas municipais.

“ Na Escola Rui Barbosa trabalhamos o tema sabores e aromas, duas horas por aula, duas vezes por semana, mostramos para que serve cada planta, o cultivo, as receitas e o resultado está ai na barraca, com a venda dos produtos que será revertida para os alunos. É muito interessante o projeto”, descreveu a coordenadora pedagógica Sandra Margarete Oliveira.

A representante do Sebrae Josane Moreno falou sobre a importância da iniciativa. “Este é o segundo ano que Ibirapuã participa do projeto que fomenta o empreendedorismo nas escolas, isso é movimentação é vontade política e eu parabenizo o prefeito por isso, porque o ganho é muito valioso para a sociedade”, afirmou.

O empresário Gilson Santos, pai de Ana Flávia também foi ao evento e não escondeu a admiração. “Fico muito orgulhoso de poder prestigiar um evento como este,  onde se pode apreciar o resultado dos esforços dos alunos”, frisou.

Julia Andrade Batista, 11 anos, Lavínia Santos, 12 anos e Jadina Calixto,  11 anos expuseram um vulcão. “ Fizemos um vulcão eclodir com bicarbonato e vinagre, pois a reação do ácido e o pó encantou todos que visitaram nossa banca”, comentou Júlia.

Laurem Barros da Silva, 8 anos também visitou a feira do JEPP e adorou o resultado. “Muito divertido e legal, amei”, elogiou.

Outro ponto alto do evento foi a exibição de um filme com tema “A Vida não é uma droga” estrelado por alunos do Colégio Municipal Souza Mendes, como atividade das disciplinas de português e educação física.  O longa metragem que tem 43 minutos de duração foi gravado em dois meses e recebeu orientação das professoras Janete Santos e Laricia Andrade e contou ainda com o apoio da filmagem e edição do blogueiro João Paim.

Para a secretária de Educação Nila Bonjardim a iniciativa é muito válida. “ Essas noções de empreendedorismo, de negociação, trabalhadas com conceito e ética  são muito valiosas e enriquecem a comunidade escolar, familiar e social”, concluiu.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui