Alcobaça: Sr. Jomar de Figueiredo Ruas lança livro de poesia

Nasceu em Pedra Azul, Minas Gerais, em 22/07/1925. Seus pais, fazendeiros de origem, mudaram para Carlos Chagas/MG, em 1927, em razão de dificuldades financeiras, o que os obrigou com os 10 filhos aos duros trabalhos rurais. Aos 18 anos teve permissão para sair de casa e foi tanger boiadas para Campos/RJ, onde havia invernadas para os mercados do Rio e São Paulo.

Depois foi vaqueiro e gerente de fazendas na região de Nanuque e Carlos Chagas. Em 1944 seus pais transferiram a propriedade rural para Nanuque e precisaram do seu trabalho, como era de praxe naqueles dias os filhos trabalharem para os pais.

Paralelamente fazia pequenos negócios de compra e venda de bovinos, de onde proveio suas economias.

Casou-se com Ruth Reuter Ruas, em 12/1951, e foi com ela abrir matas no “Córrego do U”, município de Nanuque. Com a chegada dos filhos, já eram quatro, vieram para Nanuque buscando a escolaridade deles. Em 1961 levou a família para Belo Horizonte/MG, buscando melhor aculturação para os filhos que já eram 6 então. Face a necessidade de adaptação a uma outra cultura, o casal ingressou em movimentos culturais, como Escola de Pais, Movimento de Casais, Cursilho de Cristandade e outros que lhe trouxessem novos conhecimentos.

Conservando e melhorando a propriedade rural o casal educou os 8 filhos, em Belo Horizonte nasceram mais 2. Deus levou 3 para o outro lado da vida. Hoje são 5 profissionalizados em nível superior. São 26 netos e 4 bisnetos. Dos netos, 10 já tem nível superior e os outros estão a caminho.

Graças àquele esforço do casal, Jomar teve sempre boa participação social nas comunidades onde viveu.Foi Vereador em Nanuque, presidente da Cooperativa Rural, delegado de Sindicato Rural junto da Federação da Agricultura de Minas Gerais por vários períodos.

É marçon atuante há 59 anos. Já exerceu todos os cargos em Lojas Marçônicas, possui todos os títulos por merecimento, inclusive a “Comenda de Pedro I”, que lhe dá o privilégio de ter a penúltima posição hierárquica na Marçonaria Simbólica, acima desta faixa só está o Grão Mestre Geral.

Não obstante toda a luta, o casal conseguiu fazer o curso de Direito, ele começou a estudar com 54 e ela com 48 anos. Formados, desfizeram da propriedade rural e exerceram a advocacia por 20 anos em Belo Horizonte. Em 2002 decidiram trocar o tumulto da cidade grande e vieram para Alcobaça no sul da Bahia, praia que frequentam desde 1950 e mantinham casa.

Jomar e Ruth viajaram por vários países do mundo, e estiveram em 4 continentes, dentre eles Ásia e Europa. Ruth aos 82 anos ainda exerce a advocacia. Jomar sempre leu muito.

Está lançando o livro de poesias com o Título “Meus Devaneios” no dia 31/12 próximo, e o lançamento será em sua residência, na rua Moreira Caldas, em Alcobaça. Em breve lançará um livro de crônicas e contos.

Dentre outras poesias destacamos a que segue:

Realismo

Quando o homem vem ao mundo

Nada pode perceber

Se veio para ser feliz

Ou se nasceu para sofrer

Mas uma coisa ele descobre

Sendo rico ou sendo pobre

É que nasceu para morrer.

E ele faz sua trajetória

Cheio de sonho e ambição

E quando sai dessa vida

Para outra dimensão

É que ele vê com clareza

Que tudo aqui é ilusão.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui