Agentes penitenciários de Teixeira finalizam formação complementar com a Caema

Fotos: Ascom/Cipe Mata Atlântica

Na última quarta-feira, dia 29, o Núcleo de Ensino Especializado da Cipe/Mata Atlântica (Caema) finalizou a Formação Complementar do Agente Penitenciário para Habilitação ao Uso de Arma de Fogo Institucional, do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF).

A turma foi composta por 20 (vinte) agentes penitenciários, que passam a estar habilitados à utilização do armamento, de dotação da Secretaria de Administração Penitenciária, durante o serviço.

A turma foi composta por 20 agentes

O treinamento teórico e prático teve a carga horária de 100 horas/aulas, com as seguintes componentes curriculares:

✅ Fundamentos do tiro
✅ Enquadramento legal
✅ Estudo da pistola Mod. PT100
✅ Estudo da pistola Mod. TH40
✅ Estudo da pistola Mod. G2C
✅ Estudo da carabina Mod. CTT40C
✅ Estudo da espingarda Mod. Military 3.0 RT
✅ Postura e progressão com arma de fogo
✅ Prática de tiro

O treinamento teórico e prático teve a carga horária de 100 horas

Ao final da jornada de atividades, cada agente penitenciário realizou 200 (duzentos) disparos de arma de fogo de calibre .40 e calibre 12, em atividades estáticas e dinâmicas, tendo por objetivo trabalhar as técnicas de tiro, bem como a capacidade de cognição e de reação em situações que envolvam elevado nível de estresse.

O diretor do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, Tenente-coronel PM Osiris, agradeceu pela realização do treinamento e reforçou a parceria existente desde o início do projeto do Curso Básico de Ações Prisionais – CBAP, que já capacitou cerca de 150 profissionais do sistema penitenciário dos Estados da Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais.

Para o comandante da Cipe/Mata Atlântica, Major PM Pontes, a realização do treinamento possibilita a interação entre as instituições, permitindo a troca de conhecimentos, tornando-as mais fortes para fazer frente à criminalidade, bem como reforça o papel de Caema como pólo de capacitação na região extremo sul do Estado, para os órgãos que compõem o sistema de defesa social.

Com informações: Cipe/Mata Atlântica

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui