Adolescente com deficiência é vítima de estupro coletivo em Ilhéus

Deam de Ilhéus. Foto TV Santa Cruz

Uma jovem de 15 anos que tem deficiência intelectual e que sofre de epilepsia disse ter sido vítima de um estupro coletivo no município de Ilhéus, localizado na região sul da Bahia. Três adolescentes suspeitos de envolvimento no crime foram apreendidos.

Conforme a denúncia, registrada na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), o estupro teria ocorrido na tarde de domingo (20). A jovem relatou à polícia que foi abusada logo depois de ter saído da casa do namorado.

“Ela falou que saiu da casa do namorado e pegou um mototáxi. O motoboy deixou ela na avenida, ela ficou perdida e encontrou cinco adolescentes. Eles se ofereceram para levar ela até em casa. Só que os adolescentes levaram ela para a parte de trás da Concha Acústica e a abusaram dela. Segundo ela, foram os três maiores”, disse a delegada Adriana Paternostro, que investiga o caso.

A adolescente, que não teve identidade revelada, passou por exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, mas ainda não há informações sobre quando o resultado deve sair.

Ainda de acordo com a delegada, os suspeitos apreendidos deverão participar de uma audiência na terça-feira (22) que irá definir o futuro deles. Outros envolvidos no crime são procurados. “Amanhã, eles vão ser apresentados na presença da juíza da Infância e da Juventude, que vai decidir se eles vão cumprir medidas socioeducativas”, disse.

Caso ocorreu no município de Ilhéus, na região sul da Bahia. Três suspeitos de envolvimento no crime foram apreendidos, segundo polícia.

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui