Acusado de homicídio em Medeiros Neto é condenado a mais de 18 anos de prisão

Foto: Reprodução/MedeirosDiaDia

Terminou no começo da tarde desta quarta-feira, 04 de março, o julgamento de Jackson Silva Santos (30), acusado por homicídio duplamente qualificado. O crime ocorreu em 2018, em Nova Lídice, distrito de Medeiros Neto.

O réu foi condenado a 18 anos e três meses de reclusão em regime fechado. O julgamento ocorreu no auditório da Câmara Municipal de Medeiros Neto.

Jackson, vulgo “Jackão”, estava detido desde o dia 24 de junho de 2018, dois dias após ter assassinado o teixeirense Anderson Santos Cruz (30 anos à época), vulgo “Suave na Nave”.

Segundo relatos, na sexta-feira (22), o autor foi visto discutindo com Anderson, que era alcoólatra, usuário de drogas e dado como desaparecido em Teixeira de Freitas. Momentos depois, uma testemunha notou o sumiço da vítima, foi até o casebre em que estava vivendo e constatou a morte.

As autoridades policiais agiram rapidamente e Jackson foi preso em uma casa no referido distrito.

A defesa não informou se irá recorrer da decisão do júri.

Fonte: MDD

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui