ACM Júnior se despede do Senado

O senador ACM Júnior (DEM) se despediu hoje (15) do Senado com um discurso de prestação de contas recheado de emoção. Com a presença do filho, o deputado ACM Neto (DEM), que acompanhou o discurso no Senado, ele contou que logo quando assumiu o mandato, em 2001, enfrentou dificuldades sobretudo por conta da perda do pai, Antonio Carlos Magalhães. “Procurei seguir o exemplo de amor e dedicação à Bahia deixados por ACM, e lutei em defesa do nosso estado”, declarou.

ACM Júnior comemorou principalmente a vitoriosa luta pela aprovação da permanência, por tempo indeterminado, do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, idealizado por ACM em 2001 e cuja vigência terminaria no próximo dia 31 de dezembro, provocando um prejuízo de R$1,1 bilhão para a Bahia. ACM Júnior foi o autor da emenda que torna o fundo permanente, que foi aprovada na noite de ontem no plenário da Câmara e agora será promulgada.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui