Abra os olhos e seja grato

“Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.” (Colossenses 4.2)

Para sermos gratos é preciso escolhermos viver de olhos abertos. É preciso desenvolvermos a aptidão de ver com mais clareza a vida, bem como a sabedoria para escolher a perspectiva que corresponda ao melhor angulo de visão. Há pessoas que tornaram-se muito capazes para ver, mas para ver o que falta, o que está fora do lugar, o que lhes desagrada. Por alguma razão, ou algumas razões, desenvolveram uma visão pesada e negativa da vida. São as que acreditam que a esperança é um urubu pintado de verde! Isso não é bom e faz mal. A nós mesmos e a quem conosco convive. Não é bom ser e nem conviver com alguém que sempre está insatisfeito, que anda sob o peso da insuficiência e o dessabor do que não gosta na vida. Mas é possível mudar. Um bom caminho é a dedicação à oração e a sabedoria de estarmos alertas para perceber as próprias atitudes inadequadas.

Quando ser grato é um valor e uma busca diária, acabamos ganhando olhos mais adequados para a vida. E isso nos fortalece para que continuemos sendo agradecidos. Quando agradecemos pelo que temos, percebemos mais facilmente pessoas que não tem o que temos e isso nos possibilita um coração mais apropriado para lidar com elas, sendo amorosos e generosos. Por isso pessoas gratas são normalmente mais empáticas.  Elas não se isolam acomodadas confortavelmente em suas bênçãos! Quando agradecemos pela benção das coisas comuns da vida, como ver, ouvir, degustar, andar, ser livre, percebemos que essas coisas comuns são na verdade coisas especiais, muitos especiais. São privilégios! E as aproveitamos com mais responsabilidade!

Pessoas gratas veem a vida com olhos melhores ou pessoas que veem a vida com olhos menores são mais gratas? Diria que uma coisa leva a outra. Podemos começar sendo gratos e acabaremos vendo melhor as muitas razões que temos para gratidão. Ou, se abrirmos os olhos e prestarmos atenção no quanto a vida tem de bom, teremos muitas razões para sermos gratos. A questão é que devemos ser gratos e viveremos melhor sendo gratos. Além disso, não faz sentido crermos no que dizemos crer sobre Deus e não sermos gratos! Que cresçamos na capacidade de sermos gratos. Seremos melhores companhias para as pessoas e melhores crentes em Deus. Hoje, dedique-se a oração, esteja alerta e seja agradecido, muito agradecido!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui