A posse de Dilma

Muito bem-vinda a atitude da presidente Dilma Rousseff em avisar que o lema de seu governo mudou. Nesse segundo mandato, o lema de Dilma será “Brasil, pátria educadora”. Além de oportuno, esse lema mostra o caminho de nossa redenção enquanto nação livre.

Bola dentro da presidente.

Asco

A Globo, via Miriam Leitão, Merval Pereira e outros comentaristas, continuou a cumprir seu papel asqueroso de porta voz do que há de pior na imprensa. Pois não é que Miriam Leitão, do alto de sua conspícua elegância, ao invés de comentar a posse, preferiu comentar a deselegância do andar da presidente?

Miriam Leitão criticando elegância ou deselegância de alguém? Só mesmo a Globo.

Na Bahia

O governador Rui Costa avisou aos seus secretários que devem amaciar suas mulheres: terão muito pouco tempo para ficar com elas.

Credo!

Em Minas

O discurso de posse do governador Pimentel foi um primor de busca de conciliação para o bem do Estado.

Aécio não gostou.

Na Globo

No início da transmissão da posse de Dilma, os repórteres globais fizeram questão de afirmar que a oposição estava ausente. Depois, um, pouca coisa preocupado com a verdade, retificou, afirmando que uns poucos oposicionistas estavam ali.

Rapidamente, o assunto foi esquecido.

Alianças teixeirenses

Áulicos do ex-prefeito Apparecido Staut afirmam que ele é candidatíssimo a prefeito em 2016. Só não sai se a saúde não deixar. Afirmam que ele está em plena lua de mel com o Sr. Timóteo Brito.

Sic transit gloria mundi.

Pergunta incômoda

Em matéria do “Repórteres sem Fronteiras” não consta o nome de Geo Lopes entre os jornalistas assassinados no Brasil em 2014.

Será que esse povo sabe alguma coisa que não sabemos?

O que precisamos ler

A ditadura da mídia

por Altamiro Borges

“A mídia hegemônica vive um paradoxo. Ela nunca foi tão poderosa no mundo e no Brasil, em decorrência dos avanços tecnológicos nos ramos das comunicações e das telecomunicações, do intenso processo de concentração e monopolização do setor nas últimas décadas e da criminosa desregulamentação do mercado que a deixou livre de qualquer controle público. Atualmente, ela exerce a sua brutal ditadura midiática, manipulando informações e deturpando comportamentos. Na crise dos partidos burgueses, a mídia hegemônica confirma uma velha tese do revolucionário italiano Antonio Gramsci e transforma-se num verdadeiro “partido do capital”.

No Brasil, o PIG (Partido da Imprensa Golpista) é uma realidade.

Veja Cuba

A capa da Veja, mostrando Obama como um macaquinho reatando com Cuba, é uma das coisas mais desrespeitosas de toda a vida dessa revista.

Desrespeito, teu nome é Veja.

Deu no Túnel

“Vou procurar conduzir este ministério da mesma maneira que na SRI, com portas do gabinete abertas para o diálogo, com amigos parlamentares, com os movimentos sociais, empresários, sindicalistas. Mas abertas também para as discussões fundamentais, inclusive a garantia da mais livre liberdade de expressão, para continuarmos a construir uma democracia mais plena em nosso país” (Ricardo Berzoini, novo Ministro das Comunicações, fazendo tremer Merval Pereira e outras raposas globais).

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui