A contagem regressiva já começou

“Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.” (Eclesiastes 3.12)

Quando criança muitas vezes fiz e ouvi colegas fazendo a contagem regressiva do pique-esconde. Combinávamos um número e, a partir dele, a contagem era feita, até que “3, 2, 1, 0 – quem escondeu, escondeu; quem não escondeu, lá vou eu!” E a caçada começava!
Assim era a vida naquele tempo. Em certo sentido ainda é. Estejamos prontos ou não, a vida segue. O dia seguinte sempre chega. O ano seguinte. E vamos seguindo e um dia terminaremos.

O poeta Mário Quintana foi preciso em seu poema “O Tempo”: Quando se vê, já são seis horas! /Quando se vê, já é sexta-feira! / Quando se vê, já é natal… / Quando se vê, já terminou o ano…/ Quando se vê perdemos o amor da nossa vida./
Quando se vê passaram-se 50 anos!”

E, tenhamos planejado ou não, o que queremos mesmo é ser felizes. Queremos que tudo corra bem, porque acreditamos que é assim que seremos felizes. Temos a insensatez de não perceber que há gente infeliz, mesmo com tudo indo bem. A felicidade é mais complexa do que apenas coisas no seu lugar.

Clarice Falcão em “O que você faz pra ser feliz” faz um interessante jogo de palavras para nos provocar a pensar sobre felicidade. Ela diz: “O que faz você feliz? Você feliz, o que que faz? Você faz o que te faz feliz? O que faz você feliz você que faz. A felicidade está por dentro, mas não vai sair no raio x. Você provoca os próprios sentimentos! O que você faz pra ser feliz? Longe, perto, dentro, tanto faz, quem quer felicidade corre atrás. E, às vezes, ela está debaixo do nariz. O que você faz pra ser feliz? Pra ser feliz, pra ser feliz, o que você faz pra ser feliz?”

A felicidade está ligada ao que fazemos, muito mais do que ao que nos acontece. O que fazemos faz de nós alguém. Vamos nos tornando um certo tipo de pessoa, um certo tipo de ser humano. O modo como tratamos os outros, se julgamos, se somos sinceros, se guardamos mágoas… Não é exatamente a vida que faz de nós alguém, é muito mais o que fazemos em vida. Mas Deus está também nessa história.

O que Deus fez por nós também tem o poder de nos fazer alguém. Se cremos no que Ele fez, se cremos em seu amor, se cremos em sua graça, perdão e misericórdia, a fé que temos nele faz de nós alguém, pois também nos inspira e possibilita fazer o que não poderíamos, fazer sem Ele.

De modo que somos, nós e Deus, cooperadores fundamentais e principais na obra de nos tornar alguém e ser ou não felizes. Sem Ele, não nos sairemos muito bem. E Ele não decidiu fazer tudo sozinho. Ele nos responsabilizou sobre nós mesmos.

2021 está no seu segundo dia. Mas não se distraia. Muito rapidamente nos veremos de novo no último dia. A vida não para, o tempo não para. Nossa experiência é breve, embora durante algum tempo não nos pareça que seja. Não perca tempo. Torne-se alguém que honre o que Deus fez por você. Torne-se alguém capaz de ser feliz. Torne-se alguém cuja vida inspire.

O caminho é agindo. Lamentar as circunstâncias não ajudará em nada. Por isso, creia e ande. Porém o tempo não é infinito, ele acaba e está acabando o tempo todo.

A contagem regressiva de 2021 já começou. Olhe à sua volta, perceba as pessoas, perceba sua família. Olhe para dentro, considere seus caminhos. Olhe para cima, busque a Deus de todo o seu coração. Faça escolhas que lhe façam feliz. E não há escolha melhor do que amar. Amar a Deus sobre tudo, a nós e ao próximo como a nós mesmos.

Para ser feliz aprenda a viver, aprenda a amar. É com Deus que podemos aprender a viver e amar. Ele é a fonte da vida, Ele é amor. A vida é sua! Faça o melhor. Confie em Deus e seja responsável. Faça a sua parte. Deus sempre fará a dele!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui