Vereadores de Marataízes participam de curso em Porto Seguro

Uma Câmara inteira na Bahia

Uma van com todos os nove vereadores de Marataízes, no litoral Sul do Espirito Santo, saiu na última quarta-feira com destino a Porto Seguro, uma das principais cidades turísticas da Bahia. Na semana que antecede o calendário oficial do carnaval, eles participam de um curso de capacitação para vereadores, prefeitos, secretários e servidores. Todos os representantes do Legislativo estão hospedados no luxuoso Hotel Solar do Imperador, mesmo local onde acontecem as palestras, que terminam amanhã, ao meio-dia.

Mesmo com a agenda oficial encerrada, os vereadores permanecerão em Porto Seguro até amanhã, com todas as despesas custeadas pela Câmara de Vereadores. De acordo com o presidente da Casa, William de Souza Duarte (PMDB), cada um dos nove parlamentares recebeu R$ 2.800,00 para os quatro dias de hospedagem, condução, alimentação e o curso.

A conta
No total, a Câmara de Marataízes está gastando R$ 25,2 mil para bancar a presença dos vereadores na Bahia. Estão incluídas nesse valor a diária do hotel – que equivale a R$ 680,00 por pessoa – e a taxa de inscrição do curso, de R$ 390,00 por cabeça. Os parlamentares participam de “aulas” sobre como lidar com o meio ambiente, integrar projetos e recebem informações sobre leis e eleições.

“Está sendo uma experiência única, um intercâmbio”, disse, por telefone, o vereador William de Souza. Ele afirmou que está “muito contente” em participar do curso junto com os colegas. “Vamos levar um projeto para Marataízes com o objetivo de acabar com a poluição do rio Itapemirim”, afirmou o presidente, ao se ausentar do suntuoso salão onde acontecem as palestras.

De acordo com o presidente da Câmara, todos os nove vereadores viajaram sozinhos, sem a presença de assessores e familiares. A reportagem de A GAZETA não conseguiu entrar em contato com os demais participantes. São eles: o vice-presidente Jesuel Fernandes Fabiano (PDT), o secretário Venceslau Tinoco Serafim (PP), os vereadores Agisse Melchíades de Souza Filho (PMDB), Ida Maria Zeltzer Gazzani (PSDB), Ademilton Rodovalho Costa (DEM), Luiz Carlos Silva Almeida (PSC), Robertino Batista da Silva (PT) e Paulo César Azevedo Rezende (PPS).

A Câmara de Vereadores de Marataízes realiza sessões apenas às terças-feiras, às 18 horas. Mas, em decorrência do feriado de Carnaval, as atividades retornam na próxima quinta-feira, dia 10.

“Tudo o que você imagina para as férias”
Por uma “feliz” coincidência, os vereadores de Marataízes desembarcaram no balneário de Porto Seguro em plena Festa do Rei Momo. Eles chegaram a tempo de curtir a folia porque, segundo o site da prefeitura local, lá já é carnaval desde o último dia 26. Nada mal estar na alta temporada num destino turístico que atrai milhões de brasileiros o ano todo. De quebra, os parlamentares vão ter a vida que boa parte dos trabalhadores sonha conquistar após anos de trabalho: um luxuoso hotel quatro estrelas e vista privilegiada para o mar. É esse o “castigo” para uma câmara inteira passar cinco dias fazendo curso em Porto Seguro.

Salário: R$ 3,715 mil
É o salário dos nove vereadores de Marataízes, que estão fazendo curso de especialização no “paraíso turístico” de Porto Seguro.

Fantástico denunciou “indústria de cursos”
Usando dinheiro público, os vereadores de Marataízes trocaram o balneário de sua própria cidade pelo de Porto Seguro para participar de um curso suspeito de fraude. Em agosto passado, o programa Fantástico, da TV Globo, revelou o funcionamento da “indústria de cursos” turísticos para parlamentares.

Especializado em “cursos de qualificação” para vereadores e funcionários de câmaras, o Instituto Nacional Municipalista (INM), que organiza o 459º evento desse tipo agora no litoral baiano, foi uma das empresas denunciadas na reportagem. Os eventos não passariam de fachada – a programação é mais curta que a anunciada, admitiu uma funcionária. O presidente do INM, Clésio Drumond, foi flagrado dando dicas de passeios turísticos aos vereadores e até de locais de prostituição. Para A GAZETA, em 2009, ele negou fins festivos dos eventos – já foram oito este ano Brasil afora.

Na programação do curso em Porto Seguro, o primeiro dia já começa liberado porque é só para inscrição e entrega de material. Na quarta, houve palestra de serviço de limpeza pública, às 14h. Na quinta, o “debate” foi sobre aumento de receita municipal e do número de vagas de vereador. Hoje e dia de “Lei Capiberibe” e repasses das prefeituras às câmaras. A “integração dos projetos” é feita no sábado, dia de encerramento.

“O curso está sendo uma experiência única, um intercâmbio. Vamos levar um projeto para Marataízes para acabar com a poluição do Rio Itapemirim”, William de Souza Duarte, Presidente da Câmara de Vereadores de marataízes

Vereador de Cariacica no mesmo evento
Em Porto Seguro, onde supostamente será realizado o curso de capacitação para vereadores, os excursionistas de Marataízes se encontraram com três conterrâneos: na última terça-feira, o vereador Jolindo Rocha Borges (PV), primeiro secretário da Câmara de Cariacica, também embarcou para o balneário baiano que é referência em folia, juntamente com dois assessores de gabinete. A informação é confirmada pelo presidente da Casa, Adilson Avelina dos Santos (PP).

Incluindo inscrição no curso e diárias, todas as despesas estão sendo bancadas pelo Legislativo de Cariacica. Segundo Avelina, a Mesa Diretora autorizou a concessão das diárias mediante requerimento do próprio vereador para si mesmo e os dois assessores. O trio retorna de Porto Seguro no domingo. Detalhe: a programação do encontro acaba no sábado de manhã.

Após o retorno, os viajantes têm dez dias para prestar contas à câmara, apresentando relatório da viagem. A diária paga em cariacica é de R$ 475 para vereadores e servidores. Multiplicando pelos quatro dias, o gasto dó com diárias chega a R$ 5,7 mil. (Vitor Vogas)

Parlamentar quer conhecer blocos do balneário
Por telefone do hotel, o vereador Tininho do PT convidou a reportagem para visitar hoje o local onde ele e os colegas estão. “Vamos levar documentos do curso. Sábado voltamos para o carnaval de Marataízes”. Ele disse ter aprendido sobre meio ambiente e se mostrou curioso. “Hoje (ontem à noite) tem desfiles de blocos e tenho vontade de ver”.


Fonte: Sara Moreira e Rondinelli Tomazelli / A Gazeta

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui