3° Concurso Regional Conilon de Qualidade premia produtores

3° Concurso Regional Conilon de Qualidade premia produtores. Fotos Ascom

Desenvolvimento e qualidade. Foram as duas palavras que definiram o 3° Concurso Regional Conilon de Qualidade, em Teixeira de Freitas. A cerimônia de Premiação aconteceu na manhã do último sábado(5), na 37ª Exposição Agropecuária de Teixeira de Freitas, realizada no Parque de Exposições Temóteo Alves de Brito. Houve a abertura com a palestra: “Produção de Café Conilon Especial”,  com Tassio souza – Degustador e mestre de torra de cafés (INCAPER – ES). Após a palestra houve a premiação das melhores amostras de café da região.  A Prefeitura de Teixeira de Freitas, por meio da Secretaria de Agricultura, é uma das instituições apoiadoras do projeto.

Para o secretário de Agricultura, Dori Neves, o concurso tem crescido ano após ano e hoje já pode ser considerado um marco para o desenvolvimento da produção de café Conilon na região Extremo Sul. “É de grande importância para incentivar a produção e o fortalecimento de mais esta cultura para o nosso município e para toda a região. Nós da secretaria nos orgulhamos muito pois tem sido um concurso feito por pessoas especialistas no assunto, reunindo produtores de pequeno, médio e grande porte.”

O objetivo do Concurso é incentivar a produção de Café Conilon de melhor qualidade no Extremo Sul da Bahia e levar conhecimento aos produtores sobre, plantio, manejo e comercialização do produto.
Humberto Miranda, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia – FAEB, explicou que o Extremo Sul da Bahia é uma região importante do ponto de vista da agricultura e da pecuária, e tem uma diversidade muito grande de produção. “ O Café Conilon é uma das potencialidades dessa região e nós aproveitamos a exposição e fizemos um evento chamado ‘Semana do Produtor Rural’ que trabalhou a capacitação e qualificação. Foi uma satisfação estar aqui e ter a oportunidade de participar de uma prova do melhor Café Conilon aqui da região. Pois isso representa na geração de emprego, geração de renda e oportunidades futuras para o produtor.”, disse Humberto.

Guilherme Caracini foi o ganhador do principal prêmio, o de Melhor Amostra de Café Conilon (Lote). Para ele, que é um produtor recente de café, a premiação foi uma surpresa. “É uma satisfação enorme sentimos orgulho por que vemos que o trabalho está sendo bem realizado e que conseguimos levar a mesma tradição da produção de mamão para a produção do café.”, explicou o ganhador.

A lista de premiação foi a seguinte:

Categoria Lote:
1º Casio Caracini – 81,56 pontos
2º Cidinei Zuqui – 80 pontos
3º Ricardo Nitz – 77, 25 pontos
4º Eduardo Capelini – 75, 87 pontos
5º Luis Gaspari – 75,37 pontos

Categoria Microlote:
1º Paulo Varejão – 79,93 pontos
2º Carmelita – 77,75 pontos
3º Jane Paulino – 77,5 pontos
4º Claudio Olímpio 77,37 pontos
5º Gerlei Santos 75,5 pontos

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui